Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Centro Cívico recebe 1ª Feira do Microempreendedor Individual de Londrina

Share

feira.micro.empreendedor.VP

Estão participando 25 expositores de diversas áreas, que estão tendo a oportunidade de divulgar e comercializar seus produtos

 

feira.micro.empreendedor.V2A 1ª Feira do Microempreendedor Individual de Londrina foi aberta na manhã desta sexta-feira (9), em solenidade realizada no Centro Cívico Bento Munhoz da Rocha Neto. O evento se entende até as 20 horas, com a presença de 25 expositores de diversas áreas, que estão tendo a oportunidade de divulgar e comercializar os seus produtos.

A feira é aberta a toda a comunidade e objetiva fomentar o comércio dos produtos e serviços dos microempreendedores individuais (MEIs) da cidade e o acesso à Sala do Empreendedor, incentivando o processo de formalização. Atualmente, há 22 mil MEIS na cidade de Londrina e cerca de 7,5 milhões em todo o Brasil.

A 1ª Feira dos MEI é uma iniciativa do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), realizada pela Sala do Empreendedor, com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Sindicato das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações, Pesquisas e de Serviços Contábeis de Londrina e Região (Sescap) e Sindicato dos Contabilistas de Londrina e Região (Sincolon).

Entre as áreas de atuação dos expositores que estão participando da feira, estão: roupas fitness, casual, moda e infantil; enxoval para recém-nascidos e bebês; calçados adultos; acessório; artesanatos; adereços, laços e fitas; cosméticos, maquiagens e perfumaria; alimentos, como salgados assados e fritos, lanches, tortas, pasteis, bolos, chocolates e outros. Há também brinquedos, como cama elástica e uma piscina de bolinhas, que podem ser usufruídos, ao custo de uma tarifa cobrada pela empresa.

feira.micro.empreendedor.V4O presidente da Codel, Bruno Ubiratan, enfatizou que a prefeitura pretende fomentar, cada vez mais, inciativas como esta, a fim de valorizar o papel do microempreendedor. “Temos condição de reunir milhares de microempreendedores, para que eles possam expor seus produtos e atrair o público para a venda”, disse. Ubiratan também parabenizou o trabalho realizado pela Sala do Empreendedor em Londrina, que atende mais de 2,5 mil pessoas por mês e incentiva a legalização de negócios informais.

A gerente da Sala do Empreendedor de Londrina, Nilcéia de Fátima Vertuan, contou que a feira é algo inédito realizado na cidade e surgiu da necessidade de promover espaços para a divulgação dos negócios e marcas dos microempreendedores. Segundo ela, a intenção é valorizar a produção dos MEIS, promovendo a expansão de seus negócios. “Este é um momento único para Londrina e estamos muito felizes por possibilitar uma maior visibilidade aos produtos dos microempreendedores que atendemos. Agradeço a cada um que veio partilhar conosco este evento”, destacou.

Uma das expositoras da feira, da empresa Jaya, que comercializa joias em prata, Natalie Rezende Xavier, contou que decidiu participar da feira a convite da própria Sala do Empreendedor, pois enxergou no evento uma oportunidade para seu negócio. “Eu sempre participo das atividades oferecidos pela Sala, como cursos e consultorias. Então resolvi participar, porque aqui temos a oportunidade de atingir novos públicos, já que há muitas pessoas circulando no centro cívico, e acredito esta participação só tem a agregar ao negócio”, comentou.

feira.micro.empreendedor.V3Sala do Empreendedor – Aqueles que quiserem obter mais informações sobre o processo de formalização e os serviços oferecidos pela Sala, podem receber atendimento de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas, com retirada de senhas até as 17 horas, no piso térreo da Prefeitura de Londrina.

A Sala do Empreendedor tem como objetivo incentivar a legalização de negócios informais que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei Complementar 123/06, também conhecida como Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, facilitar a abertura de novas empresas e regularizar as atividade informais e oferecer serviços aos Microempreendedores Individuais (MEIs).

Também estiveram presentes na solenidade, a representante do Sebrae, Luciana Pedroso; o presidente do Sincolon, Geraldo Sapateiro; a representante do Sescap, Paola Crepaldi; o coordenador da Casa Civil, Walter Cesar da Silva, além de servidores da Codel e de secretarias municipais.

 

Fotos: Vivian Honorato

Anterior Próximo Pagina:

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3478 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner